As dificuldades e frustrações pontuais dos trabalhadores pode fazer com que estes tentem superar os seus limites de modo a progredir na carreira. É por isso importante como é que o colaborador se quer sentir no seu local de trabalho:

– Acolhido;
– Fazer parte de uma equipa com valores semelhantes aos seus;
– Sentir-se parte de algo maior;
– Ser ouvido e compreendido;
– Ter liberdade para contribuir com ideias e sugestões;
– Saber que os seus erros serão perdoados e aceites desde que a intenção seja de colaboração.

Por outro lado, que comportamentos deve a liderança cultivar de forma a criar um ambiente confortável e estável:
– Elogiar conquistas publicamente, atribuindo os créditos à equipa;
– Fazer críticas individualmente para não causar constrangimentos;
– Ouvir atentamente, aceitando sugestões e colhendo feedbacks periódicos;
– Permitir erros, procurando sempre aprender;
– Incentivar a colaboração e o trabalho em conjunto.

#ambientefeliz
#trabalhofeliz
#kiabiemcasa